POLÍTICA

Paulo Valle será o novo secretário do Tesouro, informa Ministério da Economia



Valle foi escolhido por Esteves Colnago, anunciado nesta sexta como novo secretário do Tesouro e Orçamento. Paulo Valle vai assumir a Secretaria do Tesouro Nacional
O economista Paulo Valle será o novo secretário do Tesouro Nacional, informou nesta sexta-feira (22) o Ministério da Economia.
Valle foi escolhido por Esteves Colnago, anunciado nesta sexta como novo secretário do Tesouro e Orçamento. O anúncio foi feito pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, após uma visita presidencial ao Ministério da Economia.
Valle substitui Jeferson Bittencourt e Colnago entra no lugar de Bruno Funchal.
Paulo Valle tem uma longa carreira no serviço público. Ele foi subsecretário de Previdência Complementar na extinta Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia e subsecretário da dívida pública do Tesouro Nacional de 2006 a 2015.
Antes, exerceu o cargo de coordenador-geral de operações da dívida pública de 1999 a 2006, tendo liderado a implantação do programa Tesouro Direto.
Debandada na Economia
Bittercourt e Funchal pediram demissão na quinta-feira (21), após a manobra liderada pelo Centrão e pela ala política do governo para afrouxar o teto de gastos para gastar mais em ano eleitoral.
Na quinta-feira (21), a comissão especial da Câmara aprovou a proposta de emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, que fixa um limite, a cada exercício financeiro, para as despesas com os precatórios (dívidas da União já reconhecidas pela Justiça). Também foi alterada a regra de correção do teto de gastos.
O objetivo dessa PEC é abrir espaço no Orçamento e dentro do teto de gastos para pagar R$ 400 às famílias que farão parte do Auxílio Brasil, o programa social que vai substituir o Bolsa Família e o auxílio emergencial.
A alteração na fórmula e o limite de pagamento dos precatórios abrem cerca de R$ 84 bilhões para despesas em 2022, ano eleitoral, segundo cálculos do relator da PEC dos Precatórios.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






POLÍTICA  |   26/11/2021 21h44