MANAUS

Homem provoca incêndio em serigrafia da família da ex por não aceitar término de relação em Manaus


Ele foi preso pelo crime de incêndio combinado com violência doméstica, segundo polícia. Caso aconteceu no bairro Presidente Vargas. Serigrafia ficou completamente destruída após incêndio.
Meike Farias/Rede Amazônica
Um homem de 32 anos foi preso, nessa sexta-feira (10), suspeito de provocar um incêndio em uma serigrafia, na Zona Sul de Manaus. Segundo a polícia, a empresa pertence à família da ex-companheiro do suspeito, e ele cometeu o crime por não aceitar o término do relacionamento.
Ele foi preso no bairro Presidente Vargas, pelo crime de incêndio combinado com violência doméstica. Não há informações sobre feridos.
A delegada Débora Mafra, titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), informou que o homem estava separado da mulher há um mês. Porém, os dois trabalhavam na serigrafia da família dela, localizada ao lado da casa deles.

Pela separação, esse rapaz começou a dormir nessa serigrafia e a mulher na casa. Mas quando eles trabalhavam juntos, ele sempre estava insistindo em retornar esse relacionamento, o tempo todo

, disse.
Conforme Mafra, há alguns dias, ele agrediu a ex-mulher com empurrões e cotoveladas. Ela registrou um Boletim de Ocorrência e pediu medidas protetivas contra o suspeito.

Ontem (10/09), ele, com muita raiva, falou 'eu vou botar fogo nesse galpão', onde ela trabalhava. Até acreditando, inclusive, que ela deveria estar ali trabalhando e sem medo algum de pegar fogo até nos filhos dele, que moram na casa ao lado

, contou a delegada.
Ainda de acordo com ela, o homem ateou fogo na empresa com combustível que estava dentro do local, usado para os trabalhos da serigrafia. O galpão inteiro pegou fogo e ficou destruído.
A Polícia Militar foi acionada e conduziu as vítimas e o suspeito até a delegacia. Ele foi autuado em flagrante por incêndio combinado com violência doméstica. Neste sábado (11), ele participará de audiência de custódia onde ficará à disposição da Justiça.
Veja os vídeos mais assistidos do G1 Amazonas




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MANAUS  |   14/09/2021 21h03





MANAUS  |   14/09/2021 19h39