MANAUS

Com tucumã sob análise, Governo do AM considera controlado surto de infecção alimentar em Manacapuru


Uma das causas investigadas é a ingestão de tucumã contaminado. Com tucumã sob análise, governo do AM considera controlado surto de infecção alimentar em Manacapuru
Ive Rylo/G1 AM
O governo do Amazonas informou que o surto de Doença Transmitida por Alimento (DTA) ocorrido em Manacapuru, Região Metropolitana de Manaus, é considerado controlado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas - Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP). Uma das causas investigadas é a ingestão de tucumã contaminado.
De acordo com a FVS, 48 pessoas estão envolvidas no surto da doença, tendo como uma das suspeitas de causa a ingestão do tucumã. Os casos ocorreram na comunidade Irapajé, em Manacapuru.
Consumo de tucumã em casos de infecção alimentar em Manacapuru (AM): o que se sabe até agora
Dos 48 envolvidos, 23 pessoas receberam atendimento médico. Até esta quarta-feira (21), uma pessoa permanece internada na rede de saúde pública em Manaus.
Conforme a FVS, o surto de DTA em Manacapuru é considerado controlado, devido à ausência de notificação de novos casos, que não ocorre há mais de 24 horas.
As amostras de água coletada em Manacapuru e de tucumã foram encaminhadas para análise no Laboratório Central de Saúde Pública da FVS-RCP (Lacen/FVS-RCP). O governo informou que aguarda os resultados dessas análises. A previsão é que os resultados saiam em até 15 dias.
Veja os vídeos mais assistidos do G1 Amazonas




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MANAUS  |   24/07/2021 10h48





MANAUS  |   24/07/2021 10h29